top of page

Torna-te uma modelo Pin-Up em 8 passos


A subcultura retro é fascinante! Música, moda e estilo de vida unem-se numa das culturas alternativas de crescimento mais rápido da atualidade. Se estás interessada em pin-ups, provavelmente, já tens interesse em culturas vintage e retro, que dão um toque contemporâneo aos estilos de vida do passado.


O que é uma modelo pin-up?

Pin-Ups foram as modelos que ilustraram cartazes publicitários no final do século XIX. O conceito ganhou mais notoriedade em meados do século XX em obras de George Petty, Alberto Vargas, Zoë Mozert, Earl Moran e Gil Elvgren. Nesse tipo de arte foi utilizada uma modelo (real) para a criação de ilustrações de raparigas atraentes, seminuas ou em poses sensuais provocantes.

Atrizes de Hollywood em fotos sensuais ou posters também eram consideradas pin-ups, porque a sua beleza estava nas paredes de quem as admirava. Então, podemos dizer que basicamente pin-ups eram modelos de poster, modelos e atrizes que tiravam fotos sensuais.


Pin-Ups de Alberto Vargas, Gil Elvgren e Earl Moran


Mas, desde então, principalmente devido às subculturas musicais, o conceito da pin-up como um objeto feminino foi subvertido, mudou drasticamente. Na cultura alternativa, as pin-ups tornaram-se modelos, não necessariamente sexy, mas modelos de estilo, de representação, de empoderamento. Hoje em dia muitos consideram pin-up o simples fato de adotar a estética retro com cuidado.


Diva Akasha com estilo pin-up psicobilly


Como te podes tornar uma modelo pin-up em 8 passos?


1 – Começa por escolher o teu estilo e época

Claro que podes gostar mais de uma época, mas na hora de montar um look, tenta não misturar épocas tão diferentes. Por exemplo, evita misturar os anos 1940 e 1960, pois eles trazem silhuetas muito contrastantes, arriscando criar um visual contemporâneo em vez de retro. Lembra-te que respeitar a silhueta histórica faz toda a diferença no sucesso do teu look pin-up.


Pin-Ups do Universo Retro para o calendário de 2016 com uma silhueta dos anos 1950


2 – Usa lingerie com estampas antigas

A lingerie é a base para uma boa silhueta. Tenta usar lingerie que seja semelhante em corte àquela usada no momento que estás a reproduzir. Não há problema em usar lingerie contemporânea, apenas certifica que ela não marca o corpo no lugar errado. Por exemplo, um look dos anos 1950 exige roupa interior de cintura alta e sutiãs estruturados, enquanto um look dos anos 1960 permite roupa interior de cintura baixa e sutiãs simples de algodão sem métodos de apoio.


3 – Usa acessórios Pin-up e maquilhagem

Pesquisa o tipo de sapatos, jóias, bijuterias, chapéus e outros acessórios da época em que estás interessada. Pesquisa a maquilhagem. Lembra-te da meia-calça, já que pernas nuas eram incomuns. Analisa os sapatos de cada época para combinar com a silhueta da roupa. Procura versões atuais/retro para estes itens.


Maquilhagem, acessórios e sapatos ideais para o estilo pin-up


4 –Faz penteados vintage

O cabelo é uma parte relativamente importante dos penteados pin-up. Aprende as diferenças de cabelo de cada época, e como fazer penteados, bem como desenvolver versões modernizadas para o uso diário. Existem vários vídeos no YouTube que serão úteis na tua curva de aprendizagem.


Penteado Retro (Foto: The Freckled Fox)


5 – Roupas retro

A maioria das peças de época foram feitas de tecidos naturais, mas podes encontrar tecidos sintéticos que dão um ajuste semelhante. Aliás, ser retro é exatamente isso, uma releitura do passado, então não te preocupes em seguir 100% os tecidos de época. 

Caso não encontres facilmente roupas de aparência retro, uma das opções é procurar uma costureira de confiança e presenteá-la com as tuas referências. Vê se tens algumas peças que possam ser remodeladas ou adaptadas ao estilo e faz modificações com novas costuras. Outra opção são lojas vintage. É importante não ter preconceito e entender que o reaproveitamento de roupas também é uma prática sustentável.


Ca Rutledge para sua marca Raibow Unicorn


6 – Um bom corte de roupa

A pin-up contemporânea é impecável. Por isso, é necessário que as roupas e calçado tenham boa qualidade e um bom corte. Naquela época, era obrigação da mulher ser sempre elegante e apresentável, e de alguma forma isso ainda é verdade hoje. Pode parecer ultrapassada hoje a exigência social de que uma mulher deve ser sempre "apresentável", por isso é importante que ser pin-up seja uma ESCOLHA pessoal e não uma obrigação social.

Pode ser uma pin-up quando quiseres, não precisas ser pin-up todos os dias! Essa é a liberdade que temos atualmente: a escolha! Mas se não estás interessada num visual impecável e muito deliberado, não tem problema, as pin-ups psicobilly e gothabilly têm uma atitude mais desafiadora e podes inspirar-te nelas.


Miss Daisy para o editorial Sky Lovers


7 – Não exageres

O retro é atual, não precisas sair à rua da cabeça aos pés tal qual uma personagem do passado. Podes e deves criar o teu próprio estilo com base no que gostas, adaptando penteados, sapatos e roupas.


8 – As pin-ups eram modelos, inspira-te para tirar fotos

Então, que tal pegar no telemóvel e praticar poses e expressões? Escolhe o teu melhor ângulo, a tua melhor luz e vai em frente! 


Fonte: Warbird Pinups

56 visualizações

ความคิดเห็น


Produtos em destaque